11 dicas para curtir a natureza em Brasília e arredores

Mais um post da série dicas sobre Brasília. Já temos dicas de onde levar as crianças, dicas dos melhores lugares para ver Brasília no pôr-do-sol ou de um ângulo diferente, dicas para gastar pouco e dicas para aqueles que querem sair da rotina. São dicas conhecidas e outras nem tanto, mas que vale a pena conhecer. Quem conhece Brasília e quiser mandar sua dica, fique à vontade!

1. Salto do Tororó – Distante 35 km do Plano Piloto, o salto possui água limpa e cristalina. Quem quiser chegar até lá, pode enfrentar várias trilhas e pode ver ao longo do caminho rochas de quartzito. Para chegar é fácil: a partir da QI-23 do Lago Sul, siga pela DF-140 em direção a Unaí-MG por mais 10 quilômetros e entre a direita em estrada de terra.

2. Chapada Imperial – A maior reserva ambiental particular do DF. Parte da Área de Proteção Ambiental (APA) do Cafuringa, a chapada tem várias cachoeiras, piscinas naturais (água gelaaaaaaada!) e cavernas. Se tiver sorte você pode ver tucanos e outros pássaros. Para chegar, pegue a DF-001 em direção a Brazlândia, a partir do balão do Colorado.

Chapada Imperial

Chapada Imperial

3. Estação Ecológica de Águas Emendadas – É a mais importante reserva natural da região de Brasília. Suas nascentes alimentam os cursos d’água que formam a Bacia Amazônica e a Bacia do Prata. Fica na BR-020, na região de Planaltina. Visitas só com permissão do órgão responsável.

4. Parque do Rasgado – No coração da cidade, o parque fica localizado na QI 27 e os condomínios do Lago Sul. O parque é para os adeptos de longas caminhadas.

5. Barra do Dia – Trata-se da menina dos olhos dos que curtem fazer trilha de bicicleta. A Fazenda Barra do Dia fica a 80 quilômetros de Brasília (sentido Brazlândia).

6. Cachoeira Mumunhas – Uma das cachoeiras da Área de Proteção Ambiental do Cafuringa, localizada a três quilômetros além do Poço Azul. A cachoeira forma várias piscinas naturais.

7. Lagoa Formosa – Águas límpidas que são renovadas por lençóis subterrâneos. Em suas margens formam-se pequenas praias apropriadas para banho e práticas de esportes, como windsurf e canoagem. Para chegar pegue a Saída Norte de Brasília pela BR-020, depois pegue a BR-010 e siga mais 18 quilômetros.

8. Gruta do Tamboril – Um pouquinho mais longe, distante 160km de Brasília, está localizada dentro de uma fazenda particular e tem 1,2 mil metros de extensão e grande profundidade. Os espeleólogos e apreciadores pode estudar e contemplar as estalactites e estalagmites de cores diversas, produzindo uma visão mágica em seu interior. Para chegar lá, siga a direção de Unaí pela BR 251.

9. Gruta do Rio do Sal – Um complexo de galerias e cavernas com cerca de 5 milhões de anos. Possui câmaras internas povoadas por morcegos e salas cobertas por estalagmites. Só deve ser visitada com acompanhamento de guias habilitados. Se quiser chegar até lá, siga a Saída Norte de Brasília até o balão do Colorado e siga pela DF 001, DF 170 e DF 205, até a placa da Fazenda Babilônia.

10. Buraco das Araras e Burraco das Andorinhas – Os dois burracos estão dentro de um complexo espeológico formado por uma depressão do terreno, e são perfeitos para quem curte uma boa aventura como rapel. A entrada é pela Fazenda Alegria, no município de Jardins. Os burracos ficam distante 34km da cidade de Formosa-GO. Para chegar até lá pegue a BR-020 pela saída norte, e no Km 92 entre a esquerda. Continue por 7 quilômetros de estrada de terra.

11. Salto do Itiquira – Se você estiver disposto a andar um pouco mais de carro, irá ver uma belíssima cachoeira. Ela tem 168 mts de queda livre e fica no Parque Municipal do Itiquira no município de Formosa-GO a 100 quilômetro de Brasília. Para chegar lá pegue a Saída Norte da capital federal, siga pela BR-020, passe Sobradinho, Planaltina e a próxima cidade é Formosa. Siga as placas e em pouco tempo estará se refrescando nas águas do Itiquira ou mesmo apreciando sua beleza.

Comentar

* Campo requerido